0

Quando criança passava dias subindo em árvores e em pedras cheias de limo, algas e animais, caçando insetos, répteis, crustáceos e todos os bichos marinhos que tivesse coragem de pegar, para depois devolvê-los aos seus cantos. Gostava de puxar as redes com os pescadores, e, à noite, de ficar horas olhando as miríades de lagartixas ao redor das lâmpadas na parede da casa. 

Cresci, tive uma cobra, diversos aquários, e o meu primeiro gato (antes eram só cachorros mesmo).

Cursei 4 anos de Desenho Industrial, mas me formei e fiz mestrado em Filosofia. 

De muito cedo comecei uma coleção de pedras aleatórias, pedras de praias e matos, cristais e, por fim, o que considero seu auge, os fósseis. Fósseis sempre me pareceram algo impossível, a permanência da impermanência.

Talvez seja isso o que tente fazer com as jóias que invento desde 2016: pensar, desenhar, esculpir para tornar permanente o impermanente, uma espécie de ontologia da memória por meio da matéria. 

 

Ou apenas uma pequena tentativa de fixar, em algum lugar, uma escama, os dentes que trocamos ou se modificam diariamente sem que percebamos e, quiçá um dia, as ondas do mar, e o movimento de um peixe singular.

Marieta

Design de jóias em prata 950 e ouro 18K (750).

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

Foto: Christian Gaul. Modelos: Carolina Fabbriani e Gabriella Fabbriani. Styling: Mariana França. Beleza: Josef Chasilew. Produção: Dri Simões. Estúdio: Pedro Arruda. Tratamento: André Menezes Cossich.

Contato
contato@marietamarieta.com
55 21 - 99635 8444

© 2017 by Marieta Dantas

Proudly created by OESTUDIO